As horas não passam quando se está
Longe de casa

Passam tão lentamente de uma hora para outra
Passam demasiado tarde que não trazem
Na alma o cheiro do instante que passou

As horas não passam quando se está
Dentro de casa

As cortinas amarelecidas
E o café que já esfriou

Nenhum comentário: