FUNCIONÁRIO DEDICADO

Epaminondas, naquele dia, não foi trabalhar.
No seguinte, tampouco.
Uma semana depois os colegas da repartição lembraram de sua aposentadoria.

3 comentários:

Jordanna disse...

Vim dazer uma visita para dizer que acho o seu blog interessante e não sei explicar o por que disso...

Anônimo disse...

ai...que cortante...fiquei com dó do epaminondas e talvez, de mim também...que sou funcionária pública...rs...voltarei mais vezes aqui...um abraço, mo

tembém escrevo:

www.estripitizese.blogspot.com

Thaïs disse...

Ai Éder, que sarro e ao mesmo tempo triste... pobre Epaminondas!!!