O SEGREDO

Morre aqui. Tá. Todos esperavam. Esperavam o quê? Sei lá. Esperevam! Essa mania que a gente tem de esperar alguma coisa. Que façam em nosso nome, que nos levem pela mão. Quem espera perde tempo, vai ficando encurvado. Que tempo eu perco se o tempo não me pertence? Ninguém pode perder o que não tem. O tempo só me foi concedido por um tempo determinado. Usufruo dele, mas não o tenho. E precisamos ter o tempo? Que mania de querer ter tudo. Quem quer demais acaba por aprisionar a alma. Deixe que o tempo se vá. O tempo livre é mais amigável. Às vezes eu espero. Morre aqui, hein? Tá.

Comentários

Anônimo disse…
Tá bom...morre aqui..é segredo.mas como eu queria ter mais tempo de agora, o poema, ler direito!...sim...o que você escreveu agora...agora, por ora...to indo "correndinho" pro trabalho...e ja sao seis...nao tenho o tempo...nem o tempo me tem...mas juro,queria ter alguma coisa...mas nao me preocuparei...efusivo e tranqüilizante teu poema, teu segredo...beijos, mo

www.estripitizese.blogspot.com
Jordanna disse…
Como sempre ótimo... beijos
Edna Mendes disse…
rsrsrsr
rsrsrs

Ter;
Esperar;
Morrer;
Passar;
Olha só ?.?. que bom compartilhar!!!

bjs

Postagens mais visitadas