CUMPLICIDADE

O vento chovia
para o mesmo lado

Comentários

Anônimo disse…
feliz por você escrever...chuva, vento, movimento da natureza...ela mesma se move tanto...e quantas vezes ficamos parados? mô
Jordanna disse…
Fico ansiosa por um post seu.
Gosto muito desses que falam da natureza, que é tão bela e misteriosa...
beijoos
Anônimo disse…
revisito tudo por aqui...e vejo tudo diferente...e me pergunto se não tinha lido direito, quando da vez anterior...que coisa...deve ser porque o que você escreve remete à reflexão e à releitura de nossas observações cotidianas...e lendo agora este poema, pareceu-me tão diferente da primeira impressão que me causou...agora, por exemplo, eu parei na idéia da cumplicidade e vi chuva e vento juntos, sabendo bem o lado de ventar-chover...só quem observa a natureza pode escrever sobre isso...e só quem sente tudo isso pode ler e ficar admirado(a)...que bom, querido...beijos, mô

Postagens mais visitadas