Subo e desço
de um trem imaginário
que me leva do nada a
lugar nenhum.

Sempre precisei de lugares e objetos imaginários
para construir meus castelos. Esses de areia.

Hoje, falando nisso, perdi o trem.

Um comentário:

Mô Amorim disse...

Eu também sou assim
Eu também sonho assim...